Aula Aberta: Método para compreender transformações no jornalismo

Método para compreender transformações no jornalismo será discutido em aula aberta

 

Na próxima quinta-feira, 04, o professor Carlos Eduardo Franciscato (Universidade Federal de Sergipe – UFS) fará uma aula aberta, às 14h30, sala 11 da Faculdade de Comunicação (Facom). O tema do encontro é: “Pistas metodológicas para enfrentar o desafio de compreender as transformações contemporâneas do jornalismo”. Não é necessário inscrição para participar do evento.

Franciscato apresentará uma proposta historicizante para analisar as transformações e tendências do jornalismo. A partir da aplicação de um modelo do historiador Fernand Braudel (1902 – 1985), serão propostos três níveis de temporalidades para análises: o tempo de longa duração, o tempo de média duração e o tempo de curta duração. “Essa forma de olhar o jornalismo contemporâneo inspira-se em uma postura metodológica que possibilita integrar cenários e fenômenos de diferentes escalas e temporalidades”, comenta.

O conteúdo da aula aberta colabora para os estudos em jornalismo que têm se dedicado às mudanças nessa área do conhecimento. Franciscato sinaliza que sua proposta significa um reforço em reconhecer a historicidade e processualidade de determinados fenômenos para além da fragmentação, sendo necessário entender as tensões e lutas que confrontam mentalidades, modelos de sociedade e de jornalismo, emergência de novos atores e definições sobre o fazer jornalístico.

 A tese de Franciscato, sobre o conceito de atualidade, se tornou referência para os estudos de jornalismo no Brasil. O professor, que já foi presidente da Sociedade Brasileira de Pesquisadores de Jornalismo (SBPJor), tem atuado com teoria e história do jornalismo, jornalismo e tecnologia e pesquisa aplicada em jornalismo. Doutor Pelo PósCOM, fez parte da sua pesquisa no Department of Communication da University of California-San Diego (EUA). 

PESQUISA – A aula aberta é promovida pelo Núcleo de Estudos em Jornalismo (Njor), grupo que reúne pesquisadores vinculados ao Programa de Pós-graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas (PósCom). A coordenadora do Njor, Lia Seixas, afirma que o evento será uma excelente oportunidade para discutir possíveis metodologias para as pesquisas em jornalismo. “A crise pela qual passa o jornalismo é excelente para se pensar o que é jornalismo. As mudanças estão revelando a importância da investigação, da apuração”, assinala.

A iniciativa acontece por meio de uma cooperação científica interinstitucional para o estudo das transformações em processos e produtos comunicacionais decorrentes da expansão das tecnologias digitais, convergências de mídia e contextos de regionalização. A cooperação se dá no âmbito do Programa de Estímulo a Mobilidade e ao Aumento da Cooperação Acadêmica da Pós-Graduação em Sergipe, financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (Fapitec). Três universidades participam do projeto: UFS (Sergipe), UFRGS (Rio Grande do Sul) e UFBA (Bahia). A coordenação geral do programa é de Carlos Eduardo Franciscato (UFS). Na UFBA, a coordenação é da profa. Suzana Barbosa.

SERVIÇO

Evento: aula aberta com Carlos Eduardo Franciscato (Universidade Federal de Sergipe – UFS)

Onde: sala 11 da Facom

Quando: 04 de julho, às 14h30

Aberto ao público.

Bibliografia associada:

FRANCISCATO, C. E.. O jornalismo e a reformulação da experiência do tempo nas sociedades ocidentais. Brazilian Journalism Research (Online), v. II, p. 96-123, 2014. Disponível na Internet: https://bjr.sbpjor.org.br/bjr/article/view/741

FRANCISCATO, Carlos E.. A produção de conhecimento no jornalismo: transformações e renovações do cenário contemporâneo. In: XXVII Encontro da Associação Nacional dos Programas em Pós-graduação em Comunicação, 2018, Belo Horizonte – MG. Anais -> 2018 – XXVII COMPÓS: BELO HORIZONTE/MG. São Paulo: COMPOS / PUC-MG, 2018. v. 1. p. 1-22. Disponível na Internet: http://www.compos.org.br/data/arquivos_2018/trabalhos_arquivo_J4EQWHBRIM5CC0BIT6WY_27_6492_26_02_2018_14_39_15.pdf

Bibliografia complementar:

BRAUDEL, Fernand. Escritos sobre a História. São Paulo: Perspectiva, 1978.

LE GOFF, Jacques. A História Nova. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

Edição especial da revista Journalism: “20th Anniversary Special Issue: The Challenges Facing Journalism Today”. Volume 20 Issue 1, January 2019. Disponível na Internet:https://journals.sagepub.com/toc/jou/20/1